Thiago Amud

A CIDADE ZERO

(A ostra, a pérola, a ostra, a pérola, a ostra…)

I
Com estranha aparelhagem, com diverso material,
obras – só – projeto e feitura da cidade.
Aquela que exigirá do transeunte ou eventual morador
intimidade com códigos desaprendidos
porque a tua engenharia não se inscreve no espaço.
Tudo o que ergues atende a urgências ocultas que bem conheces
e jamais conhecerás.
Nenhum descanso é permitido.
Queres – querem – construir a Cidade,
dá-la por acabada o mais rápido possível.

II
Noites crispadas, um corpo em labuta.
O que fazes, enumero:
recolhes a cal retida entre os instantes
e suspendes prédios até o motivo das estrelas;
cavucas o betume contido nos silêncios
e pavimentas ruas infinitamente paralelas;
desenhas o gráfico do trajeto do pio do pássaro
em relação à propagação da música da lua;
geometrizas a respiração das águas;
estudas as possibilidades de fabricação de inédita arquitetura
toda com cheiro de branco,
adornada de brilhos sempre invisíveis;
decifras sempiternas equações, que se propõem a si mesmas em carrossel.
Com as soluções, válidas por nem-átimo-de-segundo,
ergues perpétuas pontes;
destroças o pedregulho sobre o qual se erigiu o Verbo
(não destróis o Verbo)
e a carnadura desfeita da rocha perfaz as primeiras calçadas,
onde pulsarão as artérias do Criador.

III
Agora, já não te deves turbar com problemas morais, filosóficos.
Tua empreitada é árdua. Não desvies a atenção.
Urge a Urbe.
Tudo o mais que se dissolva
em teu cálculo, em teu gesto.
A Cidade Zero
se desdobrará em puras formas
e festejará apenas a si mesma
desde o dia da inauguração até quando.
Toda fantasmagoria, larga pros estrepitosos vizinhos
Toda veleidade, pro tropel das periferias
Esses vão queimar a mufa diante do lugar que fundas,
esses vão declarar guerra contra a luz que acendes
esses vão inventar nomes pro que desentendem
Nada te atinge.
(nem tédios, nem balas, nem medos)
Tu não reagirás.
Tem piedade!
Eles moram nas cidadezinhas que cercam a Cidade
ao passo que a Cidade -
inteira, muito outra -
morará em ti.